Dia Mundial da Internet

Hoje, 17 de maio, comemora-se o dia mundial da Internet. A data foi estabelecida em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de valorizar as conquistas do setor e promover a inclusão digital.

Vale ressaltar que a internet vem assumindo a cada dia um papel fundamental no dia a dia da população estando presente nos trabalhos, estudos, contato com amigos e familiares e lazer. A internet foi muito importante para manter o ritmo de vida funcionando, pagamentos, reuniões, aulas, vendas, trabalhos e muito mais puderam continuar e ficaram ainda mais evidentes com a utilização da internet

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2019, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 82,7% dos domicílios nacionais possuem acesso à internet, um aumento de 3,6 pontos percentuais em relação a 2018.  O crescimento da conexão de domicílios à internet aconteceu de forma ainda mais significativa na área rural, onde o percentual de domicílios conectados saltou de 49,2% em 2018 para 55,6% em 2019, um aumento de 6,4 pontos percentuais. As chamadas Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs), ou provedores regionais, são as grandes responsáveis por levar conexão a essas áreas.

Os provedores fazem a verdadeira inclusão digital onde há necessidade. Pela internet você pode chegar em casa e ligar a sua luz, sua televisão, usar o computador, o celular, tudo está conectado.

Segundo dados da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), em 2020 os provedores regionais registraram alta de 43% nas contratações de banda larga. Além do consumo, pode-se notar que o tempo e a quantidade de pessoas dentro de cada lar que acessa à internet aumentou expressivamente, mais do que duplicou o tempo que as pessoas passam conectadas.

Segundo o presidente da APIMS, a expectativa para os próximos meses é de que o crescimento se mantenha, pois a internet tornou-se essencial não só para as atividades do cotidiano, mas também para o comércio, para o agronegócio, e as empresas regionais estão se adaptando para continuar atendendo com qualidade.

Fonte: enfoquems.com.br